Logo

Estuários e Baía da Babitonga

Estuário é um ambiente aquático transicional que se forma no encontro das águas doces dos rios e o mar. Sofre grande influência das marés e apresenta fortes gradientes ambientais, principalmente de salinidade. A fauna e a flora estão adaptadas a estas condições, sendo que neste ambiente a maioria das espécies é marinha; algumas são de água doce (nas áreas mais próximas dos rios) e algumas são tipicamente estuarinas. Os estuários possuem o titulo de “berçários da vida marinha”, pois abrigam várias espécies em diferentes etapas de seus ciclos de desenvolvimento, pois oferecem proteção e abundância de alimento.

A Baía da Babitonga localiza-se no litoral norte de Santa Catarina e é um dos estuários mais importantes do Estado. São cerca de 160 km² de lâmina d’água, contornada por três importantes ecossistemas brasileiros do bioma mata atlântica: floresta ombrófila, restinga e manguezal.

O manguezal é o ecossistema mais importante da baía, pois atua diretamente em suas funções biológicas, mantendo assim a riqueza, a produtividade e o equilíbrio da mesma. Essa região comporta a última grande formação de manguezais do hemisfério sul. A natureza faz desta região um reduto ecológico, muito apreciado pelos turistas.

A Baia da Babitonga é a única baía do mundo que abriga uma população residente de toninhas.

Realização