Logo

Repertório Sonoro

A comunicação das toninhas é pouco conhecida. A capacidade de ecolocalização já foi confirmada para a espécie. Isto significa que elas utilizam um sistema do tipo sonar para reconhecer o meio, capturar as presas e possivelmente até se comunicar.

Os sons de ecolocalização são conhecidos como clicks e, no caso da toninha, são caracterizados como pulsos de alta frequência de banda estreita, com frequência inicial em torno de 100 kHz.
Informações relacionadas à bioacústica da toninha podem gerar importantes subsídios para a conservação da espécie e proposição de alternativas a fim de reduzir a captura acidental da espécie em redes de pesca. A mortalidade decorrente de tais interações é atualmente o maior problema de conservação da toninha e responsável por sua inclusão na lista de espécies ameaçadas de extinção, tanto em âmbito nacional como internacional.

Realização